Como melhorar a performance de um site

Atualizado: Nov 9



Você já pensou em tudo que o Google faz toda vez que você digita uma pesquisa? Para exibir uma lista de resultados que respondam a sua dúvida, há um longo processo – embora isso aconteça muito rápido.


Melhorar a performance de um site nos motores de buscas envolve algumas práticas, tanto na produção de conteúdo quanto na própria programação. Por isso, incluir otimização nas páginas é uma prática bastante comum, já que a concorrência por acessos é alta, dependendo do nicho de atuação.


Invista em SEO


SEO é a sigla para Search Engine Optimization, ou em tradução livre, é a otimização para mecanismos de busca. Em outras palavras, é um conjunto de técnicas usadas para que quem usa buscadores na internet (como Google e Bing) chegue até o seu site de maneira orgânica, ou seja, sem o uso de mídias pagas. As principais técnicas utilizadas são: criação de conteúdo, link building, SEO Tech e experiência do usuário.


Afinal, quem não deseja aparecer nas primeiras posições da busca orgânica do Google? Lá estão os links mais visualizados e clicados pelos usuários, que não costumam passar da primeira página para encontrar as respostas que buscam.


Quando uma pessoa procura uma informação nos motores de busca, quase que 100% delas acabam visitando o primeiro link que aparece. Isso acontece porque, as pessoas tendem a ver o primeiro link como uma referência.


Com a pandemia do Covid-19 e o distanciamento social, a forma de trabalho de muitas empresas e pessoas mudou. O home office passou a ser uma realidade, além da digitalização de muitos negócios a fim de garantir a sua sobrevivência nesse período.


Com isso, mais do que nunca é o momento para se investir em SEO, até porque não basta apenas estar no ambiente digital e ter um site, seu negócio, produtos e/ou serviços precisam ser encontrados pelas pessoas, ou seja, estarem no Google.


Vale lembrar também que os visitantes vindos pelo tráfego orgânico são os mais importantes, pois mostra uma ação voluntária do usuário de procurar por serviços que você oferece, por isso, seu website deve estar sempre preparado para responder todas as dúvidas.


Lembrando que essa prática não traz resultados do dia para noite. Otimizar um site e ver seu crescimento demora um tempo. Você pode inserir em seu planejamento pelo menos de 3 a 6 meses.


Ter um domínio próprio


O domínio, ou URL, é o endereço virtual de sua página. Mais do que dar credibilidade, o domínio próprio traz uma série de outras vantagens, como a criação de subdomínios para páginas específicas, por exemplo.


Ter um domínio próprio permite que você encontre um nome personalizado, e que guarde relação com seu negócio, além de ser mais fácil de divulgar a página para terceiros, pois você tem menos informações para memorizar e a URL é mais intuitiva e amigável.


Buscadores como Google, Yahoo e Bing dão prioridade para sites com domínio próprio, pois a URL amigável contribui para a experiência do usuário. Existe também uma métrica chamada Domain Authority, criada pela MOZ, que é bastante utilizada para qualificar a relevância de um site para o usuário a partir de vários critérios, entre eles, o SEO, sobre o qual falaremos no próximo tópico.


Use imagens no formato adequado


Outra questão que parece não ser relevante, mas é uma maneira de otimizar o carregamento de uma página, é usar o formato e tamanho adequado de imagens. Isso pode ajudar um site a ranquear melhor sobre os concorrentes se for mais ‘leve’.


Se o site possui várias imagens, é essencial aprender sobre os diferentes formatos e qual é o ideal para cada imagem. Há três formatos comuns para imagens na web: JPG, GIF e PNG. Em geral, deve-se usar JPG para fotos realistas com gradações suaves e tons de cores (degrade) e GIF ou PNG para imagens com cores sólidas (tais como gráficos e logotipos).


Essas são algumas das práticas que podem melhorar o desempenho de um site, mas é só o começo. Inicialmente, é preciso fazer um diagnóstico do endereço que você pretende otimizar: uma URL nova ou já está no mercado e pretende otimizá-la? A partir disso, criar uma estratégia que envolva outros canais de comunicação para explorar o potencial orgânico. As técnicas também consideram alterações na própria programação e ações como link building - quando outros sites apontam para o seu, fazendo referência a conteúdos.


Gostou do conteúdo? Converse conosco sobre SEO e performance, clique aqui.


Artigo de Jessica Mobilio, SEO e Performance na MCM Brand Experience.

Gradiente vermelho

© Copyright 2020  -

Feito com amor por MCM Brand Experience.