• MCM Brand Experience

Home office aumenta em 55% a produtividade, assegura especialista


Durante a pandemia da Covid-19, que atinge em cheio não só a população brasileira, mas de todo o  mundo, contabilizando um assustador  número de contagiados e óbitos,  parte dos trabalhadores tanto das empresas privadas quando da esfera pública está realizando seu trabalho de forma remota, em especial os das áreas consideradas “não essenciais”.


Na prática, essa mudança no modo de trabalhar explicitou várias particularidades, como a necessidade de acesso à internet e máquinas de qualidade, o que pode ser considerado um desafio. Além disso, não são poucas as pessoas que vivem com sua família em casa, em cenários que, de certa forma, podem dificultar o trabalho.


Mas, será que com esse novo modelo de trabalho as empresas sairão no lucro ou no prejuízo?


Em entrevista ao Portal Dedução, a participante do programa Winning Women da EY, Mônica Schimenes, fundadora e CEO da MCM Brand Group, grupo de comunicação integrada com atuação nacional e internacional, que trabalha com diversidade e inclusão, afirma que a tecnologia avançou de um modo tão rápido que adotar o home office não é mais um desafio, e sim uma necessidade básica.


É claro que, para ela, o trabalho remoto requer ponderações diferentes para a comunicação, interação e comunicação de todos os integrantes de uma equipe. Contudo, no fim das contas, se bem adotado, não terá qualidade inferior. E, para auxiliar as empresas a manter o um time alinhado, mesmo que as pessoas estejam à distância, ela traz dicas e estratégias. Confira:


Do dia para a noite, muitas empresas migram para o trabalho remoto. Essa realidade deve permanecer pós-pandemia?


Tenho acompanhado muitas amigas e amigos empreendedores repensando o modelo de trabalho. De fato, acredito que isto não é uma regra. Este ensaio obrigatório nos tem feito entender que a produtividade não tem relação com presença, e a distância nos ajudou a ampliar nossa união neste tempo tão desafiador.


Somos seres ‘relacionais’, reuniões podem até ser mais dinâmicas por meio de tecnologias, entretanto, gostamos de nos agrupar, olhar no olho e desenvolver tarefas de colaboração mútua. O regime presencial é bastante importante para criar laços de confiança, resolver problemas com criatividade; sem falar da saúde mental, na qual o grande desafio é buscar equilíbrio para cada atividade.


Como lidar com o desafio de migrar todo o time para o modelo remoto?


A MCM, por exemplo, havia implementado o home office antes da quarentena ser instalada no País, sendo que a cada 15 dias os colaboradores faziam esse regime e continham equipamento necessário para o trabalho remoto. A adaptação não foi difícil, só transformamos a maneira de comunicação com o time.


No modelo remoto, é possível estabelecer um horário de trabalho ou é melhor definir os resultados e entregas?


O trabalho remoto fará sempre parte de nossas vidas. Será atrelado a entregas e resultados, que devem ser obtidos para a manutenção do negócio e a permanência dos colaboradores. Sendo assim, é importante que o horário de trabalho remoto seja o mesmo do presencial. Entendemos que a dinâmica em casa é transformada devido a rotina individual, mas para interações entre os grupos de trabalho é importante um horário definido.


O que fazer para acompanhar os resultados?


É importante uma comunicação alinhada entre liderança e funcionário para que o acompanhamento das atividades sejam entregues em prazos ajustados. As reuniões em equipe são extremamente importantes a fim de evitar ou prevenir imprevistos.


Trabalho remoto demanda processos melhores?


Sim, para que o trabalho tenha uma fluidez é preciso definir os canais de comunicação, tecnologias para facilitar o dia a dia, regras claras e a criação de uma rotina em equipe.


Em sua visão, o home office costuma aumentar a produtividade?


Na pesquisa que realizamos, em maio, 55% dos prestadores responderam que uma vantagem do home office é o aumento da produtividade.


Quais as melhores ferramentas online à disposição das empresas neste momento?


São diversas as ferramentas online disponíveis. No caso da MCM Brand Group utilizamos o Microsoft Teams, Zoom, WhatsApp, Trello.


O trabalho remoto  veio para ficar?


O trabalho remoto já era bem visto pelos colaboradores das empresas antes da pandemia, agora ele veio para ficar, pelo ganho na qualidade de vida. E as empresas que não adotavam, hoje, enxergam inúmeros benefícios após a adaptação para o home-office.


Entrevista: Danielle Ruas


Publicado em: https://www.deducao.com.br/index.php/trabalho-remoto-lucro-ou-prejuizo/

7 visualizações
  • YouTube ícone social
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social